selection_3_900_edited.jpg

COMUNHÃO DAS IGREJAS ORTODOXAS OCIDENTAIS

Em Nome da Santíssima Trindade!

A Igreja Ortodoxa Celta, A Igreja Ortodoxa Francesa e A Igreja Ortodoxa da Gália, obedecendo ao chamado do Espírito Santo e confiando na promessa de Deus: "Eu lhes darei um só coração e colocarei nele um novo espírito" (Ez 11,19), funda a Comunhão das Igrejas Ortodoxas Ocidentais.

Dentro de uma igreja

No seio desta Comunhão, nossas respectivas heranças espirituais são reconhecidas e realizadas na imagem da Santíssima Trindade, na qual as Pessoas estão unidas sem confusão e distintas sem separação. Para este propósito, nossas Igrejas estão comprometidas com a conversão do coração e um retorno à pureza da vida evangélica em um reavivamento da fé de nossos pais.

A Comunhão das Igrejas Ortodoxas Ocidentais é parte integrante da Igreja indivisa, una, santa, católica e apostólica fundada por nosso Senhor Jesus Cristo. Pela graça e misericórdia de Deus, nossas Igrejas são as herdeiras, por uma linhagem ininterrupta, das Igrejas históricas resultantes da pregação dos apóstolos e discípulos de Cristo no Ocidente.

A Comunhão das Igrejas Ortodoxas Ocidentais confessa a fé primitiva dos três primeiros concílios ecumênicos reconhecidos por todos os cristãos e recebe as declarações dogmáticas dos quatro grandes concílios subsequentes, sem, entretanto, aceitar certos anátemas e cânones que trazem exclusões, separações e divisões. Cumpre integralmente os acordos doutrinários resultantes do diálogo ecumênico entre as Igrejas Ortodoxas e outras denominações cristãs.

Nossas Igrejas personificam e perpetuam a tradição ortodoxa que os padres e santos engendraram no Espírito Santo, no Ocidente, entre os povos e culturas que as caracterizam, como está escrito: "Vá, de todas as nações fazei discípulos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo". (Mt 28,19)

Cada uma das nossas Igrejas manifesta, pelos seus ritos e costumes, aspectos desta Tradição, atualizando-os, fiéis ao chamado que recebeu de Deus, para que nela se enraízem profundamente a plenitude da fé e do querigma apostólico na história da salvação de cada povo. É por isso que esta Comunhão está aberta a outras Igrejas Ortodoxas Ocidentais animadas pelo mesmo espírito.

Esperamos que nossas Igrejas se tornem o humilde lugar de acolhimento, reconciliação, perdão e caridade em Cristo, que nossos atos e nossa vida litúrgica sejam testemunhas vivas do amor absoluto de Deus por todos os homens e mulheres para toda a criação.

Confiamos esta obra à intercessão da Santíssima Mãe de Deus e de todos os santos. Que Deus nos guarde em sua misericórdia. A Ele seja toda honra e toda glória para sempre. Amém.

Na festa da Natividade de nosso Senhor Deus e Salvador Jesus Cristo em 25 de dezembro de 2007.

Fonte: Usages de la Communion des Eglises Ortodoxes occidentales.

 

USOS, ORIENTAÇÕES E DIRETRIZES
Para a Comunhão das Igrejas Ortodoxas Ocidentais

Para aumentar a comunhão eclesial que nossas três Igrejas construíram, oferecemos as seguintes práticas, conselhos e orientações para redescobrir, desenvolver e atualizar as tradições ocidentais que são nossas.

1- A Comunhão das Igrejas Ortodoxas Ocidentais (CIOO) é presidida pelo colégio dos bispos das Igrejas que a compõem. Este Colégio reunir-se-á sempre que necessário e pelo menos uma vez por ano, para assegurar o bom funcionamento da Comunhão e para fortalecer a caridade fraterna.

2- O rito deve ser reconhecido como pertencente à tradição ocidental.

3- O calendário litúrgico, em particular a data da Páscoa, seguirá o cálculo gregoriano que é o da tradição ocidental.

4- O ciclo de leituras bíblicas aos domingos e feriados será inspirado no da antiga tradição ocidental que nossos Padres nos legaram.

5- Será estabelecido um martirológio comum, de acordo com a tradição ocidental, incluindo os santos de outras Igrejas quando a sua influência espiritual se tornar universal.

6- As orações comuns essenciais como o Pater, o Credo, a invocação ao Espírito Santo e outras que o colégio dos bispos da Comunhão possa definir, devem ter a mesma tradução em cada Igreja segundo a sua língua.

7- Qualquer cristão batizado em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo e confessando que os santos Dons Eucarísticos são verdadeiramente o Corpo e o Sangue de Cristo pode ser acolhido na comunhão eucarística.

8- Todos os clérigos da Comunhão podem participar no altar sem distinção de Igreja e sem prévia autorização da respectiva hierarquia.

9- Qualquer hierarca da Comunhão pode presidir à celebração eucarística e aos ofícios no lugar de culto na ausência do(s) hierarca(s) do lugar.

10- Uma assembleia de nossas Igrejas será organizada a cada três anos por ocasião de um evento particular (peregrinações, retiros, conferências, festas, aniversários etc.) para fortalecer e confirmar nossa Comunhão.

11- As igrejas irmãs se comprometem a trabalhar pelo diálogo e pelos encontros ecumênicos dentro do cristianismo, assim como pelos encontros inter-religiosos.

12- A recepção de outras Igrejas cristãs que cumpram os princípios consagrados na Carta e os usos, conselhos e diretrizes da Comunhão, fica sujeita ao acordo unânime das Igrejas signatárias. Este acordo será firmado por informações completas sobre a história, vida, espírito e autenticidade da Igreja candidata. Serão necessárias consultas entre nossas Igrejas para discernir os méritos desta candidatura. Em caso de avaliação positiva, serão realizadas reuniões e discussões para a finalização de uma decisão.

Fonte: Usages, Conseils et Directives pour la Communion des Églises Orthodoxes Occidentales.

Igreja Ortodoxa Celta

Bispo Marc e Bispo Maël

Igreja Ortodoxa da Gália Bispo Gregório

Igreja Ortodoxa Francesa

Bispo Vigile e Bispo Martin

Para conhecer as Igrejas da Comunhão Ortodoxa Ocidental, clique sobre os ícones:

Logo Igreja Celta.png
eglise_edited.png
EOF-removebg-preview.png
ORAÇÃO 
da Comunhão das Igrejas Ortodoxas Ocidentais

Santíssima Trindade, as
nossas orações vão até Vós,
pela intercessão de Nossa Senhora Mãe de Deus,
de São Miguel Arcanjo, de São Martinho,
de São Tugdual, de São Jean de Saint-Denis
e de todos os nossos Santos Padres;

Permiti que nossas três Igrejas sejam sempre guiadas pelo Espírito Santo;

Que nossos bispos preservem fielmente o depósito da fé ortodoxa,
exercendo seu discernimento com sabedoria e humildade;

Que os nossos sacerdotes, inspirados no seu ensino,
espalhem abundantemente a semente eucarística;

Que nossos monges e freiras deem testemunho
constante daquilo que é necessário;

E que nossos fiéis, alimentados na fé de nossos pais,
ouçam e transmitam a Tua Palavra de Vida.

Rezamos a Ti para que o amor habite em nós
e que assim nos tornemos, para nós,
para os nossos irmãos ortodoxos,
para os cristãos e para o mundo inteiro,
pacificadores e testemunhas da tua alegria divina.

Glória a Vós para todo o sempre.   

Amém.

SOBRE NÓS

A Fraternidade Ortodoxa São Nicolau integra a Igreja Ortodoxa da Gália e participa na restauração da ortodoxia ocidental,  especialmente em suas instituições, sua espiritualidade e seus usos litúrgicos. 

Como a Igreja indivisa, nossa fé não é uma mera adesão intelectual às verdades a serem cridas, mas a experiência dos mistérios que ela confessa.

ONDE NOS ENCONTRAR?

Fraternidade Ortodoxa São Nicolau

+55 (92) 98108-0706

 

Av. Pedro Teixeira, 1001

Manaus/AM

fraternidadesaonicolau@gmail.com

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
CONECTE-SE 

© 2020-2021 por Fraternidade Ortodoxa São Nicolau.